Resenha & Sorteio: Reiniciados, de Teri Terry

24 comentário(s)

Boa noite, galerinha!
Finalmente uma resenha nova por aqui, né?! :)

É do livro Reiniciados (meu atual queridinho *_*), o primeiro volume de uma trilogia escrita por Teri Terry que foi lançado aqui no Brasil pela Editora Farol Literário em abril deste ano.


Sinopse: As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade? (skoob)

Assim como Jogos Vorazes e Delírio, Reiniciados chegou com tudo no time das distopias.

Narrado em 1º pessoa, o leitor é levado ao ano de 2054, para uma Inglaterra ditatorial governada pela Coalizão Central; só existem 3 canais de TV devidamente controlados, os jovens não podem portar celulares até os 21 anos, o uso de computadores pessoais é restrito e o sistema de navegação pertence ao governo também. A paz e a ordem são garantidas pelos Lordeiros, funcionários do governo que estão presentes em todo lugar à caça de gangues e terroristas. E, procurando a erradicação de jovens criminosos, criaram uma fórmula "mágica": reiniciá-los, isto é, apagar todas as memórias que o jovem possui até aquele momento para que aprendam tudo novamente e, assim, possam ter uma nova oportunidade. 




Todo reiniciado recebe um nivo, um aparelho que fica "plugado" em seu pulso e controla o grau de humor. O ideal é que o nivo esteja num grau elevado (em torno de 4), pois isso significa que o reiniciado está feliz e emocionalmente estável, ao contrário de indicadores baixos, que indicam um reiniciado confuso, tenso, que pode, inclusive, estar a ponto de agredir outra pessoa. Nesses casos, dependendo do grau de tensão o nivo pode chegar a matar o reiniciado já que ele foi reiniciado justamente para ter uma nova oportunidade e não ser criminoso.

Kyla Davis, uma adolescente de 16 anos é nossa protagonista e acaba de ser reiniciada. O problema é que ela é diferente de todos os outros reiniciados que simplesmente aceitam tudo: ela pensa. No começo Kyla não se atenta a isso e, curiosa que só, faz muitas perguntas (na família, na escola, à médica com quem se consulta...), porém aos poucos vai percebendo que uma simples curiosidade pode colocá-la em grande perigo. Assim, tenta aceitar as coisas como são, como qualquer reiniciado. Porém não é tão fácil ignorar certos questionamentos, ainda mais quando dizem a respeito de si próprio.
"[...] não sou uma nova pessoa, não importa o quanto eles digam que sou. E se não sou uma nova pessoa, seja lá o que eu tenha feito, ainda está aqui, ainda é parte de mim, escondida em algum lugar. "

"Minhas memórias se foram, mas parte de mim se lembra. meu corpo, meus músculos [...] Então não é a mesma coisa que começar do zero, não mesmo. É como se, ao dar o impulso certo, você consiga fazer coisas que tinha esquecido. Quem sabe do que mais sou capaz [...]"

Há muitas coisas para serem descobertas, mas em quem Kyla pode confiar? 


Geeente, o livro é sensacional!!!  
Achei o enredo bem original, diferente de tudo o que eu já li. A história é bem desenvolvida e você não é bombardeada com diversas informações ao mesmo tempo. Pelo fato do livro ser narrado em 1ª pessoa, você acaba descobrindo tudo aos poucos, junto com a própria Kyla - e vou te contar, as dúvidas são inevitáveis! É muita coisa pra descobrir!! 
Há muuuito mistério e adrenalina. Você lê com o coração acelerado, sabe? 
E também há romance (momento owwn *-* hehehe). Sim, a Kyla também se apaixona, mas será que é seguro se apaixonar naquele momento? E será que ela pode confiar nesse amor? Dúvidas.. dúvidas.
Com relação às personagens, achei todas muito bem construídas. Consegui visualizar cada uma perfeitamente e, apesar dos reiniciados serem "todos iguais" gostei muito do Ben e da irmã da Kyla.
Quanto ao final, bem... EU QUERO A CONTINUAÇÃO JÁ! Estou louca de tanto esperar :(

Eu bem que tentei fazer uma resenha à altura, mas nada do que eu fale vai chegar aos pés do livro. 
Quem tiver a oportunidade de ler, leia e depois corre aqui me contar o que achou :) (Mas depois não vai dizer que eu não avisei que você iria ficar louca(o) pela continuação)

Quem quiser saber um pouco mais sobre o livro, pode ler essa entrevista (aqui) super bacana que a autora concedeu ao site O Globo.
E agora o momento mais esperado do post: SORTEIO :D

A Editora Farol Literário me enviou um exemplar lindão do livro e pra você concorrer é super fácil:


RESULTADO AQUI.

-> Ser residente no Brasil, ou possuir endereço de entrega aqui.
-> Curtir as páginas: Farol Literário e Doce Encanto
-> Preencher o formulário abaixo:

* Informações adicionais:

-> Data limite para participar da promoção: 23/07
-> Data prevista para resultado: 25/07
-> Será enviado um e-mail para o ganhador solicitando os dados para envio, que deverá ser respondido no prazo de 03 dias.
-> O prêmio será enviado em até 30 dias após a divulgação do resulado.

Qualquer dúvida, entrem em contato: rapha.christante@yahoo.com.br

Por hoje é isso, pessoal. Beeijão e obrigada por tudo!!

Acompanhem o blog pelas redes sociais: Twitter e instagram (@raphachristante)



24 comentários:

CHOKOLATE2 disse...

Gente, cadê o formulário?? D:

Pah disse...

Oi Rapha, tudo bem?

AHH sério que esse livro é bom? Eu ando cada vez mais apaixonada pelas distopias, gosto muito do lado político desse tipo de obra, e sua resenha me fez pensar nesse lado do controle do humor e das emoções, querendo ou não, é um forma de fazer com que a população siga por caminhos conhecidos, não é? O perigo está no que não é controlado :)

E ainda tem paixão? FOFO *-*

Vou ver se encontro o livro pra comprar - Apesar que estou sem poder gastar ;/

Bjs,

Pah - Livros & Fuxicos

Andressa Leite disse...

Eu não tinha ouvido falar desse livro e apesar de não ser o estilo de capa que me agrada, até que eu gostei muito dessa. O único livro distópico que li até agora foi Jogos Vorazes, que eu gostei muito e até por isso eu estou aberta para outros do mesmo tema. Acho que vou dar uma chance ao livro, ainda mais vendo que você gostou mesmo dele e ficou empolgada, como deu para perceber na resenha,kkkkk;


Ps: No segundo quote ao invés de lembra está membra ;).

Sabrina Piano disse...

Oi, pode preencher o formulário mais de uma vez?
Beijos :*

http://www.facebook.com/sabrinaamelo

Rapha disse...

Oi, flor. Agora está ok pra preencher :)
Se tiver mais algum problema, me avisa.

Beijos

Rapha disse...

Sabrina, infelizmente não. Resolvi fazer assim pois tem gente que não consegue entrar todos os dias pra divulgar novamente e acaba ficando em desvantagem. Boa sorte!

Rapha disse...

Pah, se der leia sim, vale muito a pena!!! :)

RUDYNALVA disse...

Rapha!
Que resenha amiga, amei!
Adoro livros distópicos e acompanhar a saga de Kyla em sua nova vida é bem interessante.
Gosto de livros em 1ª pessoa porque dá uma visão bem pessoal da história.
Quero muito ter oportunidade de ler ese livro.
cheirinhos
Rudy

ps: divulguei o sorteio no blog, ok?

Rapha disse...

Eu tbm adoro ler livros em 1ª pessoa. Obrigada por divulgar Ruddy :D Ja estava com sdds de vc!!

Débora Pirovic disse...

Participando . . .

Seguidora : Debby

E-mail : deborapirovic@gmail.com

Mey disse...

Amo distopias e essa capa é linda, fica muito dificil de não querer. Capa linda, historia interessante, com certeza vai me agradar muito. Ansiosa para ler. Bjksss

Meyre Christina

nangy@ig.com.br

Juliana Barbosa disse...

participandoooooooo

Rapha disse...

Oi Andressa :)
Se tiver chance de ler, leia sim, eu adorei! Espero que goste tb heheheeh acredita que ainda nao li JV?? pois é hahahah

Ah, obrigada por me avisar. Sempre reviso o texto, mas alguma acaba passando heeheh

Beijao

camila rosa disse...

Eu já li varias resenhas desse livro e to super curiosa pra ler ele, parece ser muito bom e tem cara de que eu vou amar.

Adriana T disse...

Uau!! Você conseguiu mesmo me deixar com muita vontade de ler esse livro!
Acho que você conseguiu sim passar o que sentiu a ler ele.
E que capa é essa? Linda demais!

cristiane disse...

Muito bom esse livro não? Adorei a trama dele, parece ser bem legal e gostosa de ler.

Isadora Ferreira disse...

Oi Rapha, tudo bem? Você me deixou SUPER curiosa com essa resenha! Fiquei louca para ler Reiniciados! Essa capa é MARAVILHOSA! Da um medinho, mas também convida o leitor a devorar o livro!
Claro que estou participando da promoção! Quero muito ganhar haha
Ah, falando em ganhar promoções...Acabei de receber o livro "Dizem Por Aí..." Que você me enviou! Muitíssimo obrigada, viu anjo?
Ah, obrigada também pelo bilhetinho (Que letra linda a sua)!
Beijos

Cristiane de oliveira disse...

Está todo mundo louco pra ler esse livro e você me fez ficar mais ainda, quero muito ler essa distopia, a capa é linda.
Beijos Rapha

Gláucia Book Lover Brasil disse...

Oi!

Espero muito ganhar este livro. Não o conhecia até ler esta resenha. A verdade é que distopia estilo Delirio eu gosto e esta está quase próxima disso!

Beijos


Gláucia - booklover.com.br

letícia disse...

Ahhhhhh!!! To a tempos procurando um sorteio com esse livro, quero ele muito mesmo! Participando..

Rapha disse...

Oi Letícia, boa sorte!! :)

Maíra Souza disse...

Participando!!!!

Pamela Liu disse...

Quero muitooo ler esse livro!
Amo distopias e achei a ideia de Reiniciados super original! Ter os seus jovens reiniciados, tendo que até reaprender tudo e ter suas memórias apagadas, e portando um Nivo para "medir' o grau de satisfação... OMG! Além disso, AMEI a capa!
Já está na minha lista de desejados!

Magiasbook livros disse...

Participando.

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela visita!
Aproveite e deixe sua opinião a respeito do post, vou adorar! ;)

Para que eu possa responder seu comentário, deixe seu twitter, facebook, e-mail, ou qualquer outra forma de contato rsrs :D

Beijos e volte sempre :*