AGORA EU MORRO - FABIO BRUST

10 comentário(s)
Autor: Fabio Brust
Número de Páginas: 360 páginas
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira (Novo Século)
"As vezes, quando vejo pessoas amando, pessoas sendo amadas, amizade, carinho, compaixão, generosidade, harmonia, paz, acho que o homem é bom. Aos poucos, porém, isso se perde. A maldade é tão maior que ofusca todo o bem. Realmente, eu gostaria que não fosse verdade. Infelizmente, é. [...]" 

  ~ ~
Sinopse: Durante minha vida inteira tentei me matar. Nunca consegui. Todos os meus esforços eram inúteis. A imortalidade me impede tanto de alcançar o descanso eterno quanto de sentir qualquer coisa. Não sinto fome, sede, embriaguez, prazer. Experimentei tudo que este mundo pode me oferecer, mas nada mais me satisfaz. Quem sabe a única coisa que realmente pode me deixar feliz é o fato de estar amando alguém. Ainda assim, isso é depressivo. Sei que terei de enterrar minha mulher, no fim das contas. Ela morrerá e eu continuarei vivo. Para sempre. Tudo que quero é algum dia poder dizer “agora eu morro”. Isso, claro, é impossível.
 ~ ~
Pense em uma época onde a Terra está destruída. Praticamente não há água, não há animais, plantas, ou qualquer outro tipo de vida, apenas poucos - entenda-se por quase nenhum - humanos e uma nova "espécie" de ser humano, os Sedentos, que são pessoas que após a explosão de uma bomba de hidrogênio super radiotiva vêem-se transformado nesse novo tipo de ser. 
É esse o cenário descrito pelo jovem escritor Fábio Brust em seu primeiro livro Agora Eu Morro.

O livro se passa por volta do ano de 2033 e conta a história de Imort, um imortal com mais de 2.000 anos, que deseja a todo custo morrer.

Toda a estória é narrada pelo próprio Imort, é ele quem descreve tudo: como o mundo se encontra atualmente, como conheceu o "grupo" que está - Char, a clone; Liel e Yuma - o amor por Char e, acima de tudo, descreve sua imensa vontade de morrer.
Com o decorre do livro, através de flash-backs, ele também nos conta como se tornou um imortal, fala sobre as outras épocas que já viveu e com isso vamos entendendo como o mundo foi ficar de tal maneira.

"Foi o homem, que não é bom e não é mau, que terminou por destruir o único lugar onde poderia viver. Não pode viajar para um planeta próximo, porque não pode morar lá."

O livro fala bastante sobre a escassez da água, o que me fez pensar seriamente, tirando as partes sobrenaturais, que corremos um grande risco de acabar exatamente como Fábio descreveu... Inclusive há uma passagem no livro que diz que só quando tudo nos faltasse é que iríamos entender que não se dá para "comer dinheiro". Acredito que hoje em dia tem muita gente que pensa que dá.

Quanto às personagens: a que eu mais gostei foi a Char, que, apesar de ser um clone, tem sentimentos muito nobres e uma enorme força de vontade. O Liel e a Yuma foram... normais... risos, e o Imort - que somente lendo o livro vocês descobrirão o verdadeiro nome dele - me irritou MUITO, sendo muitas vezes egocêntrico, arrogante e super egoísta.

Bom gente, é isso. Agora eu Morro é um livro diferente e forte, que te faz ver vida, a morte, e nossas atuais atitudes de uma forma bem diferente.
Se você gostou dos filmes Eu Sou A Lenda e A ilha, pode ter certeza que irá adorar!
Recomendo!

Compre: AQUI.
~ ~
Skoob do livro: AQUI.
~ ~
Site do autor: AQUI.

Beeeijocas ;*

10 comentários:

Andréa disse...

Pretendo ler em breve!!
Nunca tinha visto resenha dele!!

Gostei da resenha =)

Bjus!!

Kate disse...

Achei bem interessante quem sabe eu leio...

http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

Mariana Ribeiro disse...

Olá, Rapha!!
Ainda não tinha ouvido falar deste livro, mas sinceramente não curti a sinopse rs.
Não é o tipo de livro que chama a minha atenção, mas quem sabe mais pra frente eu mude de ideia...
Adorei a resenha!
Tenha uma ótima semana!
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Miriam. disse...

O Fábio escreve muito bem! Eu acompanho o blog dele e acho ele ótimo com as palavras. No entanto, o livro não faz meu gênero... ;)

Bruno Miranda disse...

Eu pretendo ler o livro também, a capa é bonita a estória me chama atenção. Eu até gostei da sinopse... :D

@minha_estante - Minha Estante

Mayara Pongitori disse...

Eu vou ler, eu vou ler! <o/
Tô no BT!

Adoreeeei, Raphitcha!
Aah, meus marcadores fofos chegaram! AMEEEEEI! E o bilhetinho tb. Vou mostrar no correio. \o/

=**

Mii disse...

Eu vou ler, eu vou ler!

O Fabio, é super criativo nas conversa, fico imaginando o quanto ele foi ao escrever esse livro!

Amiga, o blog está demais como sempre!

Beeijo
http://aoinfinitoealem.com/

nathalia disse...

Que história louca! rsrs. Mas super interessante!

Nossa! Me surpreendeu de verdade... Fiquei com vontade de ler.

Gostei muitooo!

Valeu pela dica!

Nathália de A. S.

@nathalia_asc

Adriana Brazil disse...

Primeira resenha que leio desse livro, e adorei!
Conheci o Fábio pelo Skoob é pessoa super simpática, agora fiquei com mais vontade ainda de ler esse livro, parece ser demais!
Ótima resenha Rapha!
bjus
Dri

Raphaela disse...

Oi pessoal! ;)
O livro é mto bom mesmom confesso que nao é meu estilo favorito, mas eu gostei ^^

Obrigada pelos comentários!
beeijos

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela visita!
Aproveite e deixe sua opinião a respeito do post, vou adorar! ;)

Para que eu possa responder seu comentário, deixe seu twitter, facebook, e-mail, ou qualquer outra forma de contato rsrs :D

Beijos e volte sempre :*