[Resenha] Reencontro, Leila Kruger

19 comentário(s)
Sinopse: "Está bem no fundo. Não se pode alcançar... aos poucos, vai roubando o ar.” Ana Luiza vai perdendo seu fôlego: o fim de (mais) um grande amor, um pai distante, uma mãe fútil, uma amizade complexa e "pessoas que sempre vão embora". Com suas músicas de rock, seus livros e seus cigarros, Ana Luiza vê sua vida desmoronar. "O amor é uma ferida”, ela sentencia. Mas a “garota de olhar longínquo” tem um encontro inesperado com um alguém aparentemente muito diferente dela: os “olhos imensos”, que tudo veem... Presa em seu próprio mundo e rendida ao álcool e às drogas, Ana Luiza tenta fugir. Principalmente do temido amor, que tanto a feriu... Como encontrar, ou reencontrar o próprio destino? Até onde o amor pode ir, até quando pode esperar? O que há além das baladas de rock e dos poemas românticos? Poderá o amor salvar alguém de sua própria escuridão? Às vezes, é necessário perder quase tudo para reencontrar... e finalmente poder amar. 

Um único livro, uma única história, contudo sinto que deveria fazer duas resenhas para ele. Como assim Rapha, duas resenhas para o mesmo livro? Exato! Eu já havia lido livros que me causaram sentimentos controversos antes, mas nada parecido com este. Parecia que eu havia lido dois livros diferentes, tamanha foi a divergencia entre o que senti até metade dele, e depois com o restante.

Do início da estória até pouco mais da metade me senti totalmente frustrada! Poxa, tanta gente tinha falado TÃO bem do livro, e eu pensava "mas como? Com uma personagem tão mesquinha, chata e irritante como a Ana Luiza?". E era exatamente assim que Ana Luiza, a personagem principal do livro era. 23 anos de idade, estudante de Odonto e bancada pelo pai, ela era uma pessoa totalmente negativa e reclamona. É claro que ela tinha problemas, mas quem é que não tem? Sempre acreditei que nossos problemas não são motivos para nossas atitudes, e vou te falar... as atitudes de nossa personagem principal nunca foram as melhores e, por mais que estivesse se afundando cada dia mais, ela não fazia nada pra melhorar, apenas reclamava.

Contudo, a certa altura da leitura (pouco mais da metade), o quadro se inverteu. A autora, Leila Kruger, começou a explorar mais outros personagens como o fofíssimo Rafael, Nana, a minha personagem favorita e melhor amiga de Ana Luiza, seus pais, entre outros. De repente me vi envolvida pela trama e fui pega totalmente de surpresa pela autora que deu uma tremenda reviravolta na estória!

Foi a partir daí que entendi o quão importante foi a "chatice" de Ana Luiza, então parei de julgá-la e passei a admirá-la, mas é claro que pra ganhar minha admiração ela teve que mudar! E com o decorrer da trama vamos percebendo essa mudança, a evolução, o amadurecimento.

A cada nova página lida, a frustração diminuía, e um novo sentimento começou a aparecer, um sentimento inominado, um mix de amor e satisfação.

Terminei a leitura entre lágrimas, soluços e, por incrível que pareça, um enorme sorriso no rosto. O que é que eu estava achando no começo da leitura mesmo? Agora dá pra entender porque é que disseram tão bem.

Quanto à estória, não é nem um romancezinho água com açucar. Ao contrário, o livro tem uma carga emocional bem densa, abordando temas quando não polêmicos, ao menos complexos, como a morte, a fé, o ateísmo e o uso de drogas. Cada um é abordado brilhantemente pela Leila, que em nenhum momento impoe suas crenças ou ideologias, apenas expões os pensamentos (ou dúvidas) de Ana Luiza para que nós mesmos cheguemos à uma conclusão.

Pra finalizar a resenha só a tenho a dizer: Leitura obrigatória!

"Nenhum outro beijo a compreendera e envolvera como o dele. Ela precisara muito daquele beijo e só agora o percebia, por tê-lo tido. Ela percebia o que não via antes....
Ela finalmente começava a ver."
Pág. 350








19 comentários:

Bia disse...

Esse é um livro que está na minha lista há um tempo.
Depois da sua resenha, minha vontade de lê-lo aumento ainda mais!

Bjs
Bia
www.amormisterioesangue.com

Liachristo disse...

Nossa Rapha, o livro mexeu mesmo com você! Adorei a sua resenha e eu também já tive leituras assim. Livros que dão vontade de largar no início, mas que nos surpreendem e encantam ao chegarmos ao final! Vai pra minha listinha de desejados... Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Ver Sobreira disse...

Ainda não tive oportunidade de ler este livro, mas quero muito. Resenha legal. bjão

Dryh Meira disse...

Oiii
Adorei a sua resenha, parabéns
Já faz um tempinho que estou querendo ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade..A capa é muito linda...
Adoro o seu blog...bjs
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Gisele Galindo ou simplesmente Gi. disse...

Oi, Rapha!

Faz um tempinho q não passo por aq, né? Sorry... Mas to numa correria só, a cabeça a mil, rs. Enfim, cheguei, ufa!

Linda e sincera resenha, amei.

Sendo sincera tb, tenho mt medo desse selo, mas vc falou tão bem di livro q me deu vontade de ler, quem sabe um dia...

bjs***mil

Clara Beatriz disse...

Eu gostaria de ler esse livro, mas se a protagonista for ateia, eu acho que não vale à pena ler. Tem gente que lê de tudo... Mas eu não. De qualquer forma, sua resenha ficou ótima :)
maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

Elimar Machado disse...

Estou devendo essa resenha faz um tempo. Esse livro é lindo demais. Amei a forma como a autora levou adiante a trama. Mostrou amadurecimento na escrita, o que surpreende pela juventude da escritora! BJS!

♥ Paty ♥ disse...

Ah esse livro tem uma história linda, eu também chorei quando li e como você também não ia com a cara da Ana Luiza rsrsr. Esse livro realmente desperta muitas emoções na gente. Beijos


Leituras da Paty

Biazinha disse...

Ahh vocês me matam com essas resenhas,eu fico em comichões para ler os livros.... Preciso desse agora... como que por passe de mágica!!!

fiquei apaixonada e desesperada!!!

ótima resenha... lágrimas num livro sempre me ganham....

bjss

Bianca

www.apaixonadasporlivros.com.br

Camila Fernandes disse...

Tenho muita vontade de ler esse livro!
Além do que amei a capa com o All Star.
Com certeza deve ser uma leitura obrigatória!
Parabéns pela resenha! Está ótima!
Beijinhos!

Camila.
loucuradelivros.blogspot.com.br

Adriana T disse...

Faz tempo que quero ler esse livro, agora com sua resenha fiquei com muito mais vontade! Amo esses livros que nos surpreendem.

Renata disse...

Puxa Rapha!!! Que resenha intensa!!
Não conhecia o livro, mas fiquei bastante curiosa.
bjs

Lanny disse...

Nooossa....interessante, me deu vontade de ler e a capa então, nem se fala.

Beijooos

Lanny
http://www.leituraeoutrostantos.blogspot.com

Téh Moura disse...

Ia ler ese livro por um BT do blog Contando Histórias. Uma pena que houve alguns problemas e ele teve de ser cancelado. Eu estava realmente ansiosa para lê-lo, e o BookTour foi a única forma que encontrei para que isso acontecesse. Que coisa chata. Mas com certeza isso aconteceu porque deveria ter acontecido. Espero que outra oportunidade apareça.

Um beijo!

Téh Moura - www.aminhadimensao.blogspot.com

camila disse...

NUNCA TINHA LIDO NENHUMA RESENHA DESTE LIVRO, ADOREI TD QUE DESCREVEU,. EU FIQUEI COM VONTADE DE LER..

BEIJOS
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Kézia Lôbo disse...

Ai deve ser fofo e linda esta história.... bah fiquei louca para ler.... com certeza.. e a capa entaum ameiiii.... bah preciso conseguir esse livro o mais breve possível.

Luh disse...

Oi Rapha!

Adorei sua resenha!
Muito boa...

Muito bom saber a sua opinião sobre este livro, eu estava curiosa para saber sobre a estória dele em si, e você fez isso muito bem na sua resenha...

Até mais!

Luh Figueiredos
Biblioteca da Luh

Janna disse...

Esse é um dos livros nacionais que quero muito ler, estou participando de um BT, mas a minha vez nunca chega =/

Depois da sua resenha maravilhosa, espero que ele chegue para mim rapidinho para poder descobrir a história de Ana Luiza...

Bjos!!!

@jannagranado
http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

NATY disse...

Adorei a resenha, Rapha! Já li esse livro e apesar de não ter tido esses sentimentos controversos entendo seu ponto de vista. Apesar da chatice toda gostei da Ana Luiza desde o ínicio rs'

Beijão;*
Naty.

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela visita!
Aproveite e deixe sua opinião a respeito do post, vou adorar! ;)

Para que eu possa responder seu comentário, deixe seu twitter, facebook, e-mail, ou qualquer outra forma de contato rsrs :D

Beijos e volte sempre :*