[Domingo Cult] Alta Tensão, Harlan Coben

10 comentário(s)
Domingo Cult: Resenhas que vão ao ar quinzenalmente aos domingos, feitas pela colaboradora @TulliaMaria
Oi, gente!!

A resenha que eu trago hoje é de um livro escrito por Harlan Coben, autor que vem me acompanhando nesse período de greve aqui na Bahia! Como vocês sabem, eu adoro tramas policiais e aproveitei o tempo livre para conhecer algumas obras desse escritor que me surpreende a cada leitura.

Vamos curtir uma “Alta Tensão”?

Espero que gostem e deixem suas opiniões!

Beijo grande,
Tullia Maria
+ Informações

Alta Tensão, de Harlan Coben

(...) a mais terrível verdade ainda é melhor que a  mais bela mentira.

Histórias mal resolvidas do passado sempre podem ressurgir e causar uma enorme confusão. Essa deve ter sido uma das lições que Myron Bolitar, protagonista de Alta Tensão, conseguiu retirar dessa aventura permeada por mentiras, problemas familiares, interesses, rivalidades e drogas.

Myron jamais poderia imaginar que uma mensagem deixada no Facebook de uma das ex-atletas que ele agencia o levaria a uma curiosa investigação criminal, que acabaria envolvendo uma famosa banda de rock e antigos inimigos seus.  Além disso, ele percebe que sua cunhada e seu irmão, que ele não via há mais de 16 anos, poderiam estar envolvidos nessa história. Mas como tudo isso pode estar ligado? E esse é o principal mistério que ele precisa desvendar, contando com a ajuda de seu fiel escudeiro Win.

Caracterizado pela escrita direta, os tons de ironia e humor e o enredo bem amarrado que já são característicos de Coben, “Alta Tensão” tem quase tudo para se tornar uma leitura inesquecível. Entretanto, em alguns momentos, a história acaba se arrastando e o leitor passa a ser movido apenas pela curiosidade de desvendar os inúmeros mistérios, curiosidade esta que será devidamente saciada com impressionante desfecho.

Mesmo se tratando de um policial, cujo foco principal é a solução dos mistérios, “Alta Tensão” se destaca pelo toque de humanidade. Entender os conflitos dos envolvidos é premissa básica para que se possa desvendar os enigmas. Além disso, há uma carga emocional maior, já que a família do protagonista está completamente envolvida e ele decide agir “com tato”.

Desde as primeiras páginas também é possível perceber um forte tom de saudosismo, presente não só nas conversas entre Win e Myron (nas quais existem referências ao passado e o reconhecimento de que nada é para sempre), mas também na morte de algumas personagens marcantes na saga, no envelhecimento de outras e em algumas mudanças (no final da trama) que descaracterizam os elementos que sempre acompanharam o protagonista.

Além de Myron, outros dois personagens merecem destaque: Big Cindy e Win. A primeira ganha um espaço maior (em relação às outras obras em que aparece), colabora bastante nas investigações e garante boas gargalhadas aos leitores. Já Win, grande companheiro de Myron, mostra porque é um amigo de verdade e porque Coben manteve essa parceria por muito tempo. Além disso, ele, que se caracteriza pela (assustadora) praticidade, se revela um pouco mais humano e carismático, com atitudes surpreendentes. 

Nessa trama ainda somos apresentados a Mickey, sobrinho de Myron, que possui muitas semelhanças com o nosso conhecido agente, características essas que o transformar em um perfeito sucessor para o tio no mundo das investigações. Resta-nos saber se ele terá o mesmo carisma e encontrará um parceiro à altura de Win.

Alta Tensão” é uma dica perfeita para os amantes de tramas policiais. Mas para aqueles que já acompanham as aventuras de Myron, ele tem um gosto todo especial, tornando-se quase uma obrigação.  Isso porque apenas os fiéis leitores da saga do investigador poderão entender o que alguns diálogos e personagens realmente representam para o protagonista. E, além disso, se deliciar com o que parece ser o adeus do super Bolitar.
 

Tullia Maria Erseni, 16 anos, cursa o 3º ano do Ensino Médio.
Mora no interior da Bahia. É bem capricorniana e uma das suas maiores paixões são os livros!


 

10 comentários:

Livros e Tsurus disse...

Sou fã do Harlan Coben! Adoro livros policiais e as reviravoltas que sempre tem nas tramas.
Ainda não li Alta tensão, mas já tá na lista!;)



Beijos! :)
http://livrosetsurus.blogspot.com.br

Lais Ribeiro disse...

Sou muito fã do Harlan Coben e das aventuras que ele escreve sobre o Myron Bolitar. Alta tensão eu tenho aqui em casa e espero ler nessas férias. Adoro o Win, mas não me sinto pronta pra falar adeus ao Myron. Ótima resenha.
PS: Acabei de comprar o livro refúgio que conta com o Mickey como protagonista.

Equipe TriBooks disse...

Olá Tullia!! Mais um texto leve e gostoso de ler que você nos traz. Adoro tramas policiais que vem salpicadas por uma boa dose de suspense, mas ainda não li nenhum livro do Coben, e cada dia mais tenho vontade de ler. Espero que logo tenha oportunidade, faz tempo que não leio um bom romance policial ;D

Beijos,

Paula

http://tri-books.com

@Tri_Books

#Aηα мαgιєяσ# disse...

Nunca li nenhum livro do Harlan com o personagem Myron Bolitar, e todo mundo fala que é ótimo, estou super anciosa para ler.
Adorei a resenha
Beijos

Ana Magiero
Garota Sonhadora Em Livros

Adriana T disse...

Só li Confie em mim do Harlan Coben e gostei bastante, tenho bastante vontade de ler mais livros do autor. Gosto bastante de mistério, minha autora favorita do gênero é a Agatha Christie

Fabrica dos Convites disse...

Este autor ´pe muito bom, espero ler este livro em breve.
Bjs, Rose.

Hannah Monise disse...

Eu sempre falo que você escreve bem e vou repetir, Tullinha: VOCÊ ESCREVE MUITO BEM! :) Parabéns por mais uma resenha muito boa!

E, olha, como eu já devo ter dito, eu adoro romances policiais, adoro aqueles livros em que o autor deixa o leitor ansioso para descobrir mais sobre a história. E é bom saber que Harlan Coben é um desses autores! Nunca li um livro dele, fiquei louca pela leitura deste livro agora.

Beijos,
@secretsofbook
http://secretsofbook.blogspot.com.br

Gisele Galindo ou simplesmente Gi. disse...

Oi, Tullia!

Tenho uns 4 livros dele na minha estante, mas demorará um pouco p chegar a vez deles, qd vi esse livro fiquei interessada, porém, cm não sou tão fã assim do gênero policial, esperarei ler os q tenho em casa p decidir pelos outros do autor.

Mt bom o post!!!! ;)

bjs***

Bruna disse...

Não gosto muito de tramas policiais em filmes, em livros ainda não vi, mas pra tudo têm-se uma primeira vez não é!
Gostei da resenha!Parabéns!

bjs..

Tullia Maria disse...

Olá, pessoal!! Muito obrigada pela atenção!! Vim responder seus comentários!!

Livros e Tsurus: Também sou fã! Policiais são os que eu mais gosto de ler... Coloque mesmo! Você vai amar! Beijos!

Lais: As aventuras com o Myron são as melhores!! Leia mesmo... Também gosto do Win, mesmo que às vezes ele aja de forma estranha! Estou louca para comprar "O Refúgio"! Obrigada! ^^

Paula: Obrigada, Flor! ^^ Vale à pena ler algo do Coben! Ele é um dos melhores e tem muito a ver com o que você gosta... Beijo!

Ana Magiero: Pois deveria ler... São tarams ótimas! Obrigada!! Beijos!!

Adriana: Ainda não li "Confie Em Mim", mas espero poder tê-lo em breve! Leia sim... Também adoro a Agatha!

Rose: É sim! Leia quando puder... Beijo!

Monise: hahaha... Toda vez você fala iso! ^^ Obrigada! Pois os livros do Harlan são exatamente assim! Você vai gostar! Beijo!!

Gisele: Que sortuda você! ^^ Leia sim!! Muito obrigada! Beijos!

Bruna: Sim!! Quem sabe não é este que vai te fazer gostar? Obrigada! Beijo!!

Beijos em todos! Até mais!!

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela visita!
Aproveite e deixe sua opinião a respeito do post, vou adorar! ;)

Para que eu possa responder seu comentário, deixe seu twitter, facebook, e-mail, ou qualquer outra forma de contato rsrs :D

Beijos e volte sempre :*