[Resenha] A Jornada, Erin E. Moulton

11 comentário(s)

Autor: Erin E. Moulton
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219534
Páginas: 200

Skoob | Comprar

Sinopse: Grandes coisas estão prestes a acontecer na casa dos Maple. A mãe vai ter um bebê,o que significa que agora haverá quatro irmãs Rittle em vez de apenas três. Mas quando a bebê Lily nasce prematura e não pode vir do hospital para casa, Maplesabe vai até ela para salvar sua irmã. Então, ela e Dawn, armada com um mapa e alguns restos do jantar, descem rio abaixo e atravessam uma montanha para encontrar a mulher sábia que pode conceder milagres. Agora é não apenas a sobrevivência de Lily que eles têm que se preocupar, mas também a sua própria. Os perigos que Maple e Dawn encontram em sua jornada as fazem perceber uma ou duas coisas sobre milagres - e sobre elas mesmas.




Bom pessoal, antes de tudo eu preciso esclarecer uma coisinha:

Esta resenha era pra ter saído há meses, mas eu, cabeçuda que só, guardei o livro no meio dos já lidos antes de fazer a resenha. O que aconteceu vocês já podem imaginar (principalmente quem me conhece): eu esqueci do livro! Por sorte esses dias atrás eu resolvi arrumar minha [pseudo] estante e o encontrei todo tristonho lá, esperando uma resenha no blog. Então agora, mãos à obra! ;D
“Estou saindo para tentar encontrar a Mulher Sábia. Não quero causar nenhum problema. Apenas tenho que ajudar o nenê. Encontrarei a fonte e trarei a água milagrosa. Estarei em casa antes do pôr do sol. Aí poderemos ir ao hospital e levar a água para o bebê...”
Trecho da carta escrita por Mable às suas irmãs, página 33.

Dizia uma lenda que quem achasse a água da fonte onde se encontrava a Mulher Sábia, poderia curar qualquer coisa, pois aquela água era simplesmente milagrosa.

Maple, com apenas 09 anos era a segunda mais velha de quatro irmãs e acreditava piamente nessa história, afinal era a única chance que via para conseguir salvar a vida de sua irmãzinha mais nova, Lily, que acabara de nascer prematura.

Dawn, a mais velha, com 11 anos, apesar do desejo de ajudar também, agia mais racionalmente. Sabia que seria absolutamente perigoso saírem pela floresta em busca da tal Mulher Sábia, além de que nem acreditava muito que a água era milagrosa, porém não viu outra saída a não ser seguir a irmã menor. Melhor as duas juntas, que Maple sozinha.

Assim se iniciava uma verdadeira aventura em busca da única solução que poderia curar Lily.

Amor e foram as duas mais importantes lições que o livro passou. Foi por amor à caçula e por crer que a água realmente curaria que as Irmãs saíram na arriscada aventura.

Como o livro é narrado em primeira pessoa por Maple, alguns leitores poderão achá-lo meio “infantil”, mas devemos levar em conta que ela tinha apenas 09 anos de idade, aliás, achei isso um ponto bem positivo, pois através do olhar de Maple podemos refletir em como, ao nos tornarmos adultos, perdemos a ingenuidade (fé inabalável, entendam como quiserem) que temos quando criança (sabe quando a gente é pequeno e não vê complicação em nada? Acha que tudo é possível?! Então.. com a leitura dá pra perceber claramente as diferenças de “olhares”).

Porém, apesar de tudo o que disse acima, (sempre o “porém”) o livro não conseguiu me conquistar ;/ Tem uma história bonita, mas é só... nada de “óh, que livro!”, “que estória”. Achei simples, simples demais. Pode até ser uma questão de gosto porque não consigo achar um ponto e dizer: não gostei por isso. Talvez seja a narrativa, talvez o enredo, realmente não sei, me senti como se tivesse ganhado um presente em uma embalagem toda caprichada, linda, que me faz ficar naquela expectativa e quando abri não era nada de especial.

Enfim, como disse, é gosto, então se você tem interesse em ler a obra, vá em frente, nada melhor que tirar sua própria conclusão ;)

Este livro foi cortesia da Editora:

Obs: devo dar meus parabéns à Novo Conceito mais uma vez pelo excelente trabalho! Revisão e diagramação incríveis!!
♥ 

Acesse e curta a Fanpage do blog: 

Sigam o D.E. no TT: @_DoceEncanto_

11 comentários:

João Victor disse...

Oi ..

Eu li o livro e dei 5 estrelas. Apesar de ser uma história realmente bem simples, ela me prendeu a atenção e me ensinou coisas valiosas. Muitas pessoas falam que o livro é infantil, mas, apesar de ter essa aparência, nas entrelinhas, se esconde algo muito grande e maravilhoso.

Gostei da resenha ^^

João Victor – Amigo do Livro
• Administrador/Dono
http://www.amigodolivro.blogspot.com/

thaorteg disse...

Eu AMEI esse livro!
Desde a diagramação até a tradução (muito boa adaptação, diga-se de passagem).
Maple me conquistou. Sua narração inocente é cativante e adorei seu cachorro também.
Não costumo ler livros tão infantis, mas esse me surpreendeu!
Uma pena que não tenha gostado.

Bj

Entre Fatos & Livros disse...

OI Rapha!

Eu li e amei o livro. Mto bonzinho e sensível! A leitura é super rápida e comovente. Realmente, não é o tipo de livro de gosto comum. É preciso gostar do gênero e ter simpatia pela sinopse- ou pelas resenhas.

Adorei a sua!

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Nana disse...

Hey Rapha

O meu está aqui esperando tadinho HAHA
Essa capa lindona.

Parece ser um livro emocionante, e não me passa ser infantil.
E crianças de livros, geralmente são fofas.

Parabéns pela resenha

HAHA meu medo é esse grana do trabalho toda pra livros e minha mãe me mata.

Uma ótima quarta pra você
NANA - OBSESSION VALLEY

Bárbara Murat disse...

Comigo também aconteceu isso, de não achar o livro muuuito bom. É só uma estória bonitinha, né?! Também acho que foi mais a questão de gosto que fez eu não gostar muito da estória..

Beijos.

Mireliinha disse...

As resenhas desse livro seguem no mesmo estilo, Rapha...
A história é fofa, mas não consegue conquistar! :/
Uma pena!

:*
Mi
Inteiramente Diva

Dryh Meira disse...

Eu ganhei esse livro numa promoção...Mas ainda não li, pois ele não chegou!!! :'(
Gostei muuuito da resenha, agora que eu quero mesmo que ele chegue logo!!!
rsrsrs
Amei a capa.

Renata Leite disse...

Oi!
Ainda não li o livro, e sinceramente não tenho vontade de ler. Todos falam que é bonitinho e tal, mais simplesmente não me chama a atenção!
Parabéns pela resenha;
Beijos!

Alquimia dos Romances disse...

Sou suspeita para falar desse livro. Me emocionei para caramba quando o li, porque me fez lembrar de uma aluna da escola onde trabalhei. Vale super a pena. Faz a gente reavaliar várias coisas na nossa vida. Super recomendo.

Lis disse...

Oi flor!
Eu li o livro tem um tempinho e tive a mesma impressão que você... um história bonita, mas sem alguma coisa que dê destaque, que a faça inesquecível.
Acho que criei expetativas de mais com ele quando recebi, por isso acabou não me agradando tanto.

Ótima resenha flor.
Beijos
Lis - Batalha Literária

Fabrica dos Convites disse...

Oi Rapha, infelizmente ainda não li este livro. Aproveito passei para te desejar uma Páscoa recheada de paz e saúde!
Bjs, Rose.

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela visita!
Aproveite e deixe sua opinião a respeito do post, vou adorar! ;)

Para que eu possa responder seu comentário, deixe seu twitter, facebook, e-mail, ou qualquer outra forma de contato rsrs :D

Beijos e volte sempre :*